Autor do “Crime da chave inglesa” é preso pela Civil e confessa delito
9

Após 11 dias de investigações, o autor foi finalmente encontrado na cidade de Guidoval e preso pela Polícia Civil de Minas Gerais.

Edvaldo dos Santos Ferreira, 18 anos, confessou ser o autor do “Crime da chave inglesa”, o assassinato de Cleiton de Oliveira da Cunha, 30 anos, acontecido no Mangueira Rural, em 13 de junho. A Polícia Civil realizou a prisão do suspeito nesta última terça-feira (23), por intermédio da Delegacia Antidrogas e Homicídios, sob o comando do Delegado Dr. Rafael Gomes de Oliveira.

Segundo o relato, a vítima teria procurado Edvaldo para comprar drogas, mas não possuía dinheiro suficiente pra pagar. Por conta disto, o traficante negou fechar negócio, o que culminou em uma briga, iniciada por Cleiton. Alegando legítima defesa, o autor entrou em casa, pegou uma chave inglesa, voltou e atacou a vítima com três golpes na cabeça. O corpo foi encontrado por moradores das redondezas, com a arma do crime caída ao seu lado.

Após 11 dias de investigações, o autor foi finalmente encontrado na cidade de Guidoval e preso pela Polícia Civil de Minas Gerais. Ele confessou o crime, participou de uma coletiva com a imprensa local e depois foi encaminhado para o Presídio de Ubá.

Durante a coletiva, a PCMG ainda salientou que os homicídios que acontecem na cidade ganharão prioridade de resolução a partir de agora. Vários casos estão em andamento e todos os que forem abertos terão prioridade de investigação.

ENTRE NA REDE FATO!