Cinco anos de SambaSô: clipe novo, CD em produção, Samba Night e grandes novidades para 2015
Por Higor Siqueira
AY4A1182

Da esquerda pra direita: Estefan Alexandro da Silva, Violão; Victor Luiz Elias da Silva, Cavaco e Vocal; José Carlos Rosa Júnior, Vocal; Vinícius Alves Cunha, Pandeiro; Elias de Aleluia Júnior, Percussão. Foto Servando Lopes.

O mês de março é marcado de forma especial para o SambaSô por ser seu aniversário e em 2015 o grupo de samba e pagode está completando cinco anos de história e carreira.

Composto por 5 músicos, entre eles José Carlos Rosa Júnior, Victor Luiz Elias da Silva, Estefan Alexandro da Silva, Elias de Aleluia Júnior e Vinícius Alves Cunha, o SambaSô tem realizado investimentos notáveis na estruturação dos novos shows e preparado grandes novidades para este ano.

Recentemente eles lançaram o seu primeiro vídeo-clipe oficial, da música “Larga Tudo”, que já tem quase 4.000 acessos no Youtube e em maio irão estrear seu novo show, o Samba Night, prometendo muita interação e um novo conceito de diversão e entretenimento para a galera.

“O Samba Night vem sendo nossa maior aposta. Vamos trazer o pagode com o mix de outros ritmos, além da produção visual e interação com o público durante o show” declara José Carlos Rosa Junior, vocalista da banda.

Segundo ele, os investimentos realizados são de muita importância e totalmente voltados para o público, pois o grupo tem ciência de que hoje em dia não basta apenas realizar uma boa execução musical, mas também cumprir com toda a questão de entreter a platéia. E na lista de novidades, podemos constar também a produção, já em execução, de um CD com músicas completamente autorais do SambaSô.

Parte da gravação do vídeo clipe da banda. Foto: reprodução internet.

Parte da gravação do vídeo clipe da banda. Foto: reprodução internet.

Sobre o aniversário de cinco anos da banda: “É um sentimento misto de satisfação e responsabilidade, por saber que o projeto tem dado certo, pela vontade de sempre trazer inovação e realizar um show de qualidade” declara Junior.

Ele ainda ressalta que os cinco anos de SambaSô foram repletos de dificuldades, mas prazerosos onde muita coisa boa aconteceu. Ele destaca que chegaram onde estão com “muito respeito, trabalho duro, erros que se transformaram em acertos, aprendizados, carinho e dedicação”.

“Nós sofremos um certo preconceito, principalmente na nossa cidade, por sermos uma banda de pagode. Muitas vezes, aquele que te aplaude é também aquele que faz julgamentos ruins. Mas seguimos em frente, levando música e alegria para todos e mostrando que Ubá tem pessoas talentosas em todos os meios, basta acreditar nelas” encerra.

Grupo SambaSô. Foto: Servando Lopes.

Grupo SambaSô. Foto: Servando Lopes.

ENTRE NA REDE FATO!