Conheça o “Encontro de Ubaenses Ausentes” que será realizado na cidade em setembro

Acontecerá no dia 5 de setembro, às 13h, no Tabajara Esporte Clube, o “Encontro de Ubaenses Ausentes”. O evento tem como proposta reunir o máximo de participantes possíveis, em especial aqueles que já moraram na Cidade Carinho, mas hoje não moram mais, contando também com a presença daqueles que ainda vivem aqui, para uma tarde de sábado descompromissada, com amigos, conhecidos e familiares, todos envolvidos num sentimento nostálgico para matar a saudade e colocar os assuntos de tantos anos em dia.

O evento está sendo organizado pelo Movimento de Ubaenses Presentes (MUP), composto por todos aqueles que moram em Ubá e querem celebrar os bons frutos da cidade. A proposta é trazer os ausentes para uma visita, reunindo-os em um mesmo lugar e dando à eles a oportunidade de passar mais dias por aqui, uma vez que o final de semana do dia 5 será seguido pelo feriado nacional de 7 de setembro, na segunda-feira.

Há dois encontros de ex-ubaenses que já são organizados em outras cidades, um em Belo Horizonte e outro no Rio de Janeiro. Eles acontecem há alguns anos, mas de forma mais restrita, o que acaba limitando o número de participantes e tornando o momento em algo quase que privado. E, segundo o representante do MUP que entrevistamos para a realização desta matéria, todas essas pessoas ficam muito animadas sobre Ubá, preocupadas em saber como a cidade está e tudo o que acontece por aqui. Então, por que não reunir todos para uma festa especial, onde poderão se ver e conversar sobre tudo o que aconteceu neste tempo de distância, e o melhor, em solo ubaense?

É certo de que a cidade mudou muito com o passar dos anos. Crescemos, não apenas no tamanho, mas também nas responsabilidades. Alguns índices subiram, outros caíram, e há vários tópicos em aberto para serem tratados, sobre problemas que qualquer município passa, como por exemplo, a violência crescente. Entretanto, não são estes os fatos que deverão ser enaltecidos no Encontro.

Há muito que ser contado e visto por cada uma dessas pessoas. Algumas delas não se vêem há mais de 15, ou 20 anos, mesmo que o sentimento de amizade esteja praticamente intacto. Famílias se iniciaram, evoluíram, dividiram-se, somaram e foram multiplicadas no decorrer deste tempo, e muitos irão se surpreender ao ver os filhos, sobrinhos, netos e todos os tipos de novos parentes, dos amigos que conheceram na infância ou adolescência.

O desejo do Movimento de Ubaenses Presentes é que a cidade abrace o evento, recepcionando os visitantes da melhor forma. Estes querem matar a saudade não apenas das pessoas que ficaram por aqui, mas também dessas ruas pelas quais eles passearam por grande parte de suas vidas. Muitos daqueles que já confirmaram a presença, irão vir na sexta-feira à noite e já estão combinando compromissos para todo o final de semana.

O diferencial do Encontro de Ubaenses Ausentes será sua simplicidade. O evento não terá um grande nome como atração musical e não contará com benefícios inclusos no valor pago para entrar. O ticket de entrada custará R$ 15,00 e lá serão comercializados vários itens, como um bar, onde cada um consumirá o que preferir. A música será apenas para complementar o ambiente e quem ficará por conta disso são alguns dos próprios membros do MUP, como os queridos e sempre lembrados, Lenício e Miúcha Trajano. A intenção de tornar tudo tão simples não é desvalorizar o evento, mas sim construir uma idéia de conforto e distração.

A organização do Encontro precisou esquematizar todo um processo criativo para produzir e promover o projeto, interagindo assim de forma mais próxima com aqueles que têm apreciado a iniciativa. Foi criada uma pagina no Facebook, que já conta com mais de 400 curtidas, onde são divulgadas informações sobre a festa e fotos novas e antigas que são enviadas por ubaenses, tanto ausentes, quanto presentes. As antigas marcam a história que já foi contada. As novas mostram o que a história transformou.

No inicio, essas fotos eram enviadas por e-mail. Porém, posteriormente, foi criado um grupo na plataforma Whatsapp para que elas fossem compartilhadas por lá, facilitando o processo e ajudando na comunicação daqueles que se interessaram pelo Encontro, mas ainda não faziam parte do Movimento de forma direta.

Essas ações promocionais foram desenvolvidas com a ajuda da Deep Produtora, uma nova empresa no mercado que trabalha com Assessoria Empresarial em mídias sociais, design gráfico, fotografias, produções audiovisuais em geral e desenvolvimento web. Segundo Juliana Balbueno, sócia-proprietária da Deep, “a agência tem cuidado da assessoria desde o início do projeto, quando ainda não existiam muitos pontos concretos. O convite foi feito através de membros do Movimento para cuidar da criação e de toda divulgação do trabalho. Há reuniões semanais e contato todos os dias para acertar cada detalhe. A Deep Produtora desenvolveu as logomarcas, tanto do MUP, quanto do Encontro, e a identidade em geral, para todas as mídias”.

O Movimento de Ubaenses Presentes preferiu não determinar nomes de organizadores, uma vez que sua intenção não é ganhar destaque de uma forma comercial com o evento. Os “Ubaenses Presentes” são todos aqueles que moram na cidade e o Encontro está sendo projetado para que todos aproveitem desta oportunidade. Nos próximos meses que antecedem a data, serão realizados postagens e encontros paralelos para movimentar a idéia e mostrar a todos aqueles que virão que estamos preparados para recebê-los.

Aos interessados pelo evento e que queiram saber mais informações, curtam a pagina do “Encontro de Ubaenses Ausentes” no Facebook e fiquem ligados nas novidades. Caso você tenha alguma fotografia para contribuir nas postagens, o número do Whatsapp que as recebe é (32) 8806-1984. E não se esqueçam: é dia 5 de setembro, às 13h, no Tabajara Esporte Clube.

ENTRE NA REDE FATO!