O texto acadêmico: algumas dicas importantes – Por Carla Machado

Ao pensarmos no texto acadêmico, temos de ter em mente que é um tipo de texto que segue determinadas normas específicas e tem objetivos muito claros: ser precisa, objetiva e técnica visando a informar ou argumentar sobre determinado tema. O texto acadêmico deve passar confiança, segurança e credibilidade ao leitor, porém, diferente de um texto jornalístico, por exemplo, deve ser mais profundo, sem ser rebuscado e usar de uma linguagem formal e densa, evitando o senso comum e a informalidade vocabular.

O texto acadêmico vai de uma resenha acerca de um texto lido para uma disciplina específica, a uma tese acadêmica, passando pela a monografia de fim de curso (os famosos TCCs – Trabalhos de Conclusão de Curso), artigos científicos e dissertações de mestrado. Vale lembrar que todos estes tipos de texto seguem uma mesma estrutura: Introdução, desenvolvimento e conclusão, o que mudará entre eles é basicamente a extensão do texto e a complexidade de cada um deles.

Para produção de textos acadêmicos, algumas regras são essenciais:

Busque sempre a precisão: evite usar expressões como muitas, mais ou menos, inúmeras, às vezes, tente enumerar os dados e ser mais preciso ao apresentá-los.

Evite parágrafos muito longos: isso acaba fazendo com que o leitor perca o assunto principal do trecho lido e dificulta a interpretação.

Trate de um assunto por parágrafo: mantenha a coerência textual, ou seja, não misture assuntos num mesmo trecho, deixe seu texto sempre organizado. Para isso, fazer um esquema do que se pretende escrever ajuda muito (os projetos de pesquisa e pré-projetos ou anteprojetos têm essa finalidade – organizar as ideias para que o texto também fique organizado).

Use frases na ordem direta: evite frases muito rebuscadas e intercaladas, seja direto, o leitor agradece. Lembre-se que em português a ordem direta é sujeito, verbo e predicado.

Evite adjetivos: se o estudo desenvolvido é importante, legal ou extraordinário cabe ao leitor decidir, você apenas apresentará os dados de maneira clara e objetiva.

Evite juízo de valores: não tome posições claramente políticas, religiosas ou de caráter muito pessoal – lembre-se que você deve apresentar os dados e deixar para o seu leitor opinar a partir desses dados apresentados.

Sempre referencie dados obtidos de outras pesquisas ou instituições: sempre que citar algum dado pesquisado por outrem, lembre-se de citar a referência da pesquisa usada, o contrário disso pode ser considerado plágio.

Sempre referencie qualquer trecho ou conceito escrito ou elaborado por outrem: dê os créditos aos autores pesquisados, se fizer citações diretas, lembre-se de colocar nome do autor, ano e página do texto pesquisado. Se a citação for indireta, ou seja, você usou a ideia do autor, mas a reproduziu com suas palavras, coloque o nome do autor e o ano da obra pesquisada. Isso mostra que você pesquisou o assunto e não incorrerá em plágio (quando alguém copia a ideia de outro e nem cita o autor da ideia original).

Formate o trabalho de acordo com as técnicas de normalização científica: afinal de contas, a primeira impressão é a que fica, e um trabalho bem formatado já ganha a simpatia do leitor, se o conteúdo estiver tão bom quanto a forma, garantirá além de simpatia, muita credibilidade!

Vale ainda lembrar que todo bom texto acadêmico começa com uma boa pesquisa bibliográfica sobre o assunto a ser pesquisado, assim já ficamos sabendo as principais ideias divulgadas sobre o assunto, além dos autores mais conhecidos e os diferentes posicionamentos sobre a temática escolhida.

Abraços a todos e até a próxima!

ENTRE NA REDE FATO!