Polícia Civil apreende dinheiro falso em Ubá

Por Higor Siqueira

Foram apreendidos R$ 12.825,00 em notas falsas e R$ 3.400,00 em dinheiro verdadeiro, além de todos os outros materiais ilegais encontrados. Foto: Higor Siqueira

Foram apreendidos R$ 12.825,00 em notas falsas e R$ 3.400,00 em dinheiro verdadeiro, além de todos os outros materiais ilegais encontrados. Foto: Higor Siqueira

Após cerca de dois meses de investigação intensa sobre o caso Banco Imobiliário, que compreende a circulação de dinheiro falso na cidade de Ubá, a equipe da Delegacia Especializada de Investigação Antidrogas e Homicídios da Policia Civil conseguiu agir sobre os suspeitos e capturar a quadrilha que estava por trás do crime.

As investigações se iniciaram posteriormente a diversas denuncias de notas falsas encontradas em movimento no mercado ubaense. Com a ajuda de alguns detalhes dados por comerciantes e o auxilio de imagens de câmeras em estabelecimentos, a Polícia Civil identificou os possíveis suspeitos do caso e iniciou um monitoramento dos mesmos.

Yuri Reis de Souza Freitas (18), Deverson Marques Pinto (27) e Alaor Alves Pacheco Jr. (28) foram abordados pela polícia na última segunda-feira, dia 30. De acordo com Dr. Rafael, a investigação mais aprofundada no local de trabalho de dois dos três suspeitos e na casa de um deles calhou no achado de várias cédulas falsas encontradas no fundo de um som automotivo, uma pistola Beretta 635, munições da arma encontrada, munições de calibre 22, uma balança de precisão, crack, maconha e duas caixas roubadas de óleo lubrificante para motor.DSCN5156

“Foram apreendidos R$ 12.825,00 em notas falsas e R$ 3.400,00 em dinheiro verdadeiro, além de todos os outros materiais ilegais encontrados. Foi apreendido também um carro sem origem legal até o momento com placa de Ribeirão Pires – SP” relata o Delgado.

Yuri Reis de Souza Freitas (18), Deverson Marques Pinto (27) e Alaor Alves Pacheco Jr. (28) foram abordados pela policia na última segunda-feira, dia 30.  Foto: Higor Siqueira

Yuri Reis de Souza Freitas (18), Deverson Marques Pinto (27) e Alaor Alves Pacheco Jr. (28) foram abordados pela policia na última segunda-feira, dia 30.
Foto: Higor Siqueira

Os suspeitos foram encaminhados ao presídio de Ubá e responderão pelos crimes de moeda falsa, associação criminosa, receptação qualificada e posse ilegal de arma de fogo. A operação foi deflagrada sob o comando do Delegado Dr. Rafael Gomes de Oliveira.

ENTRE NA REDE FATO!