Supeitos do crime que vitimou Elias Barbosa em abril são presos pela Polícia Civil nesta terça-feira (7), mas negam o fato

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, nesta terça-feira (7), os autores de um crime acontecido em abril deste ano, no Bairro da Luz, vitimando Elias

Marcos Rodrigues de Almeida Junior (20), vulgo “Marquinhos”, e um menor identificado como V. R. L. (17) foram presos nesta terça-feira (7) pela Polícia Civil. Foto: PCMG

Marcos Rodrigues de Almeida Junior (20), vulgo “Marquinhos”, e um menor identificado como V. R. L. (17) foram presos nesta terça-feira (7) pela Polícia Civil. Foto: PCMG

da Silva Barbosa, de 17 anos. Trata-se de Marcos Rodrigues de Almeida Junior (20), vulgo “Marquinhos”, e um menor identificado como V. R. L. (17).

Segundo relato do autor Marcos Junior, no dia do crime, 19 de abril, ele estaria na companhia de uma garota, sua “ficante”, quando a vítima, Elias, chegou ao local e, na posse de uma arma de fogo, roubou os seus celulares. Posteriormente, ele teria retornado, devolvido os aparelhos e falado que os mataria se dissessem algo à Polícia.

O adolescente infrator V. R. L relatou também de que o bairro em que reside é rival do bairro onde a vítima morava, e de que Gustavo, outra vítima que estava no local onde aconteceram os disparos, mas não foi atingida, estaria tendo um caso com sua ex-namorada, com quem ainda tem uma filha.

Segundo as investigações, ambos os autores teriam se juntado, cada um com a sua motivação, para realizar o crime e punir as vítimas pelos acontecimentos interpessoais. Porém, ambos negaram o fato em depoimento. Diante de todas as evidências descobertas e uma vasta gama de informações, o Delegado Dr. Rafael Gomes de Oliveira representou, nesta terça-feira (7), junto à justiça local, pela prisão preventiva do acusado e internação em cela especial do menor infrator.

Eles serão julgados pelo crime de homicídio qualificado. A ação foi feita por intermédio da Delegacia Especializada Antidrogas e Homicídios. Os detalhes foram enviados pelo informe de noticias da PCMG.

 

 

ENTRE NA REDE FATO!