É possível superar a DEPRESSÃO?
Dr. Yuri Luz
Psiquiatra

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão é o transtorno mental mais freqüente no mundo, sendo também uma das principais causas de incapacidade. Trata-se de um quadro de tristeza prolongada, perda de interesse pelas atividades prazerosas, sentimentos de culpa ou de baixa autoestima. Pode cursar com alterações do sono e de apetite, sintomas físicos – especialmente dor –, além de ideação suicida nos casos mais graves. Por isso é preciso buscar atendimento profissional o mais cedo possível.
A psicofobia, ou melhor, o preconceito em relação aos transtornos mentais, é um dos fatores que contribuem para a intensificação dos sintomas, e consequentemente dificulta as possibilidades terapêuticas. Também é um dos motivos pelo qual o suicídio se tornou a segunda principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos.
O diagnóstico de um episódio depressivo deve ser feito sempre de modo individualizado, ponderando os aspectos orgânicos (doenças cardiovasculares e neurológicas, por exemplo), critérios psicológicos e circunstâncias sociais que cada pessoa apresenta. A partir de então é elaborado um tratamento que engloba técnicas além da medicação, tais como psicoterapia, atividade física, acupuntura, terapia ocupacional, etc.
Pode-se concluir, portanto, que a depressão é um transtorno de abordagem complexa, potencialmente grave, com repercussões que necessitam de apoio médico e multiprofissional especializado. Nossa saúde mental é tão importante como nosso bem-estar físico e social.

ENTRE NA REDE FATO!