Revista Fato

menu Menu

Joanete: mitos e verdades

Publicado por: , em 14/05/2020 - Categoria: COLUNAS

Tempo de leitura: 2 minutos

O joanete é uma das principais queixas de dor no pé, principalmente em mulheres. Essa patologia, que é denominada hallux valgo, resulta de um desalinhamento na articulação do primeiro dedo do pé, que desvia em direção ao segundo formando uma saliência óssea dolorosa e que dificulta o uso de calçado.

Essa alteração no pé é cercada por muitos mitos e conceitos frequentemente ultrapassados, já que ao longo dos anos seu tratamento evoluiu consideravelmente. Então, vamos esclarecer as principais dúvidas:

Qual é a causa do joanete?

Esse desalinhamento é causado por diversos fatores, sendo que os principais são herança familiar, uso de calçados inadequados, outras patologias do pé (pé chato), doenças reumatológicas e neurológicas.

Como posso evitar o joanete?

A principal medida de prevenção é utilizar uma sapato adequado. O joanete é mais frequente em mulheres devido o uso de sapato alto de bico fino e/ou sapatos muito apertados na frente. Portanto, recomenda-se o uso de sapatos confortáveis e adequados.

Existe cura?

O único tratamento efetivo para o joanete é a cirurgia, que com a evolução das técnicas possui uma taxa de retorno da deformidade muito baixa. O uso de protetores e/ou dispositivos no primeiro dedo tem como objetivo exclusivo o alívio da dor. Esses aparelhos não corrigem e não evitam a progressão da doença.

 Após a cirurgia, preciso ficar muito tempo sem pisar? É muito dolorosa?

As novas técnicas cirúrgicas permitem que os pacientes utilizem calçados especiais e apoiem o pé no chão em poucos dias após a cirurgia, tornando assim o pós-operatório muito menos doloroso.

O entendimento dessa patologia, assim como seu tratamento, evoluiu bastante nos últimos anos. Dessa forma, é sempre importante lembrar a importância de procurar um profissional especializado.

Dr. Guilherme Morgado

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro; Residência médica em Ortopedia e Traumatolgia no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia ( INTO); Especialização em Cirurgia de Pé e Tornozelo pelo INTO; Membro do Corpo Clínico do Hospital Santa Isabel ; Membro do Grupo de Cirurgia de Pé e Tornozelo do Hospital Estadual de Traumatologia e Ortopedia Dona Lindu.