Revista Fato

menu Menu

Prefeitura esclarece surto registrado no Presídio de Ubá

Publicado por: , em 19/08/2020 - Categoria: CIDADE

Tempo de leitura: 2 minutos

A Secretaria Municipal de Saúde de Ubá informa que monitora, desde o início da pandemia, instituições cujo público é considerado mais suscetível à COVID-19, entre elas o Presídio de Ubá. Informamos abaixo algumas das medidas tomadas nas últimas semanas naquela unidade:

– Reunião da equipe de Vigilância Epidemiologia e Ambiental, em 17/07, com o enfermeiro do Presídio de Ubá para averiguar as estratégias sobre o enfrentamento à COVID-19. Na ocasião, acordou-se pela realização de uma triagem entre os servidores e dos Indivíduos Privados de Liberdade (IPLs).

– Em 18/07 um colaborador da Unidade Prisional apresentou sintomas gripais e foi imediatamente afastado de suas funções e submetido a exame (RT PCR), com resultado positivo.

– Devido às características peculiares desse estabelecimento com atendimento a público privado de liberdade, a Vigilância Epidemiológica iniciou o rastreamento dos demais servidores da Unidade. Após a confirmação de outros resultados positivos, o CIEVS – MG foi informado e classificou a situação como surto ativo.

– Em 28 de julho, após a confirmação de mais casos de servidores afastados e positivados, a Secretaria Municipal de Saúde capacitou a equipe de enfermagem da Unidade e orientou pela triagem, identificação e testagem (teste rápido) de todos os indivíduos da Unidade, ou seja, tanto aqueles privados de liberdade como os servidores. Seguido à confirmação dos casos, os enfermeiros realizavam o isolamento dos positivados e o tratamento imediato com profilaxia.

– Em seguida, a Secretaria Municipal de Saúde designou a equipe da Unidade de Atendimento Municipal Covid-19 (enfermeiro coordenador, médica e enfermeira) para avaliar todos os presos que testaram positivo para o Covid-19. Até o momento foram três dias de atendimento, com previsão para término com 100% dos positivados até 21/08 (sexta feira). Em cada atendimento é realizado exame físico, monitoramento dos sinais vitais, triagem das enfermidades que são consideradas como fatores de risco e orientações quanto à doença, prognósticos, cuidados e condutas.

Resumo do quadro atual:

– 69 presos positivados (teste rápido). Destes, 68 estão assintomáticos e 1 apresenta sintomas de COVID-19. Para todos, foi prescrito medicamento como tratamento profilático.

Informamos que todos continuam sendo monitorados.