Revista Fato

menu Menu

Vamos falar sobre bullying?

Publicado por: , em 09/01/2023 - Categoria: COLUNAS

Tempo de leitura: 2 minutos

Bullying se caracteriza por agressões intencionais, verbais ou físicas, feitas de maneira repetitiva, por um ou mais alunos contra um ou mais colegas. 

Além da escola pode acontecer em universidades, vizinhança, cursos sendo que ser vítima na infância e adolescência pode ter efeitos na saúde mental e na vida das pessoas para o resto da vida. ⚠️

O que leva um adolescente a praticar o bullying? 

👉Querer ser mais popular;

👉Sentir-se poderoso e obter uma boa imagem de si mesmo;

👉 Não conseguir lidar com sua raiva;

👉Não ter uma visão positiva de si mesmo e insegurança;

👉Refletir no ambiente escolar o que vivencia em casa: conflitos, abusos, agressões verbais ou até físicas e negligência;

👉 Falta de base familiar sólida com valores, humanidade, compaixão;

E se meu filho pratica bullying, o que fazer?

O primeiro passo é observar e conversar, buscando descobrir o que o leva a fazer aquilo: “O que você está ganhando com isso? Qual o motivo de fazer isso?”.

E assim explicar e conscientizá-lo sobre a grave atitude e consequências dela. Dependendo da resposta pode ser necessário um processo psicoterapêutico para o menor ou a revisão da dinâmica familiar, também sob orientação de um profissional!

Marcela Corbelli

Graduada em Psicologia; Atua na clínica em Ubá há cerca de 13 anos. É Pós graduada em Gestão de Pessoas e Psicanálise com crianças e adolescentes (em andamento). É Casada e mamãe de três filhos (Lorena, Otávio e Lívia).